sábado, 19 de julho de 2014

GAME OF TRHONES – PARTE II - PERSONAGENS

O elenco de Game of Thrones vai desde nomes desconhecidos que nunca haviam interpretado, como Maise Williams e Sophie Turner e, passa por nomes que o público já conhece, como Sean Bean e Mark Addy, e vai a grandes veteranos do cinema, como Charles Dance e Diana Rigg, que chegou a interpretar uma Bond Girl em seus tempos de juventude.

Família Stark. Da esquerda para a direita: Brandon, Sansa, Robb, Eddard, Catelyn e Rickon, ao fundo, na direita, o bastardo Jon Snow
Eddard ‘Ned’ Stark (Sean Bean): Lorde de Winterfell e protetor do Norte, Ned é conhecido por ser um homem justo e por possuir uma honra inquestionável. Ele e Robert se conhecem desde jovens e chegam a afirmar terem Jon Arryn como um pai. A ruína de Ned, entretanto, é exatamente sua fidelidade: na busca por uma verdade que pode salvar Robert e decobrir o que está por trás da morte de Jon Arryn, Ned corre risco de vida. Sean Bean, famoso por sua participação na trilogia “O Senhor dos Aneis”, traz um personagem sereno, mas que também transpira ter vivido poucas e boas. Bean é firme em sua interpretação e não vacila em nenhum momento.
Catelyn Stark (Michelle McFairly): Uma das personagens mais sofredoras da série, Cat casou com Ned após a morte do irmão mais velho deste. Com o tempo, eles se apaixonaram e tiveram cinco filhos: Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon (Art Parkinson). O único desafeto dessa mãe amorosa, é o filho bastardo de Ned, Jon Snow. McFairly não poupa expressões e, por vezes, beira ao exagero. Cenas como a do Casamento Vermelho (terceira temporada) ou aquelas em que ela se revela uma mulher completamente humana, sã os melhores momentos da atriz.
Robb Stark (Richard Madden): Filho mais velho de Ned e Cat, o rapaz é corajoso e mostra, desde sempre, que está disposto a ser leal ao pai. Como Ned, Robb tem alguns deveres que serão questionados pelo jovem com o desenrolar da trama, o que poderá levá-lo a caminhos sem volta. Madden, assim como os outros filhos dos Stark, é uma ótima revelação da série. O jovem ator consegue demonstrar com perfeição a passagem do jovem adolescente para o homem cheio de responsabilidades.
Sansa Stark (Sophie Turner): Filha mais velha dos Stark, Sansa sonha em casar com um grande homem e se tornar uma mulher importante, ou até, a rainha dos Sete Reinos de Westeros. Inteligente, culta e cordial, Sansa é uma verdadeira dama que terá de se adaptar aos costumes e perigos da capital. E são nas adaptações que Sansa sofrerá durante toda a série que está o maior trunfo para a interpretação mais que bem-vinda de Turner. Como os outros filhos dos Stark, Sansa amadurece e se torna uma mulher que poderá definir o destino de Westeros. E a atriz se mostra muito competente para viver tal situação.
Arya Stark (Maise Williams): Arya está longe de ser a dama que Sansa se tornou, mas é uma jovem inteligente, corajosa e muito astuta. Ao chegar na Capital, chega a convencer o pai de que deseja ter aulas para aprender a lutar com uma espada. Arya talvez seja a personagem infantil que mais chama atenção por tudo o que passará. E isso, se deve, também, a atuação brilhante de William que tem, em Arya, seu primeiro personagem. Com o passar do tempo, a personagem começará a roubar, planejar golpes e matar pessoas. Para definir cada avanço da personagem, Maise se torna cada vez mais expressiva.
Bran Stark (Isaac Hempstead Wright): Um garoto aventureiro que deseja se tornar um cavaleiro, Bran acaba ficando aleijado e tem de se acostumar com isso. Entretanto, descobrirá que o destino lhe reservou algo maior: Bran pode prever o futuro e é um warg (pode entrar na mente de animais). Assim como Arya, o personagem começará a ter mais responsabilidade. Entretanto, ao invés de matar, Bran descobre ter dons que o tornam importante na guerra contra o extremo norte. O amadurecimento do personagem condiz, mais uma vez, com o amadurecimento do ator.
Jon Snow (Kit Harington): O bastardo de Ned Stark sempre soube que não era bem vindo em Winterfell, portanto, quando vê a chance, se junta à Patrulha da Noite na Muralha e jura proteger o Reino do que está ao norte da Muralha. Assim como os outros filhos de Ned, Snow mostrará que muito mais que um simples intendente. Talvez a maior surpresa da série, Harington, que iniciou como um ator mediano, se tornar um ótimo intérprete com o desenrolar da trama, e isso não se deve ao fato de seu personagem amadurecer, e sim pelo fato simples de que Harington, temporada por temporada, aprimora suas técnicas e se apresenta como um ator digno.

Renly da família Baratheon e Margaery da família Tyrell
Robert Baratheon (Mark Addy): O Rei e Protetor dos Sete Reinos de Westeros e irmão de Stannis (Stephen Dillane) e Renly Baratheon (Gethin Anthony) tomou seu trono de Aerys Targaryen com bravura e coragem, mas os anos o tornaram um rei bêbado e infiel a esposa. Apesar disso, Robert é um amigo como poucos. Com pouco destaque, Addy apresenta um rei caricato: gordo, beberrão e que não perde a oportunidade de se deitar com qualquer mulher. Apesar de aparecer pouco, Addy é um dos melhores atores da série.
Jeoffrey Baratheon (Jack Gleeson): O príncipe dos Sete Reinos de Westeros sempre se mostrou muito agressivo e um prepotente de marca maior. Além disso, a forma como passa a tratar Sansa depois que descoobre que a intenção de Robert é vê-los casados é das mais grosseiras e ultrajantes. Gleeson, que havia feito uma participação em “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, é um dos atores que mais consegue adaptar o personagem dos livros. O Jeoffrey de Jack é insuportável e poucas vezes alguém foi tão odiado na televisão.

Família Lannister. Da direita para a esquerda: Tyrion, Cersei, Jaime, Joffrey e Tywin. Na extrema esquerda, Brienne de Tarth
Cersei Lannister (Lena Haedey): Como Rainha dos Sete Reinos de Westeros, Cersei deu a Robert três filhos: Jeoffrey, Myrcella (Aimee Richardson) e Tommen (Callum Wharry). Além disso, ela e Robert deixaram de viver em harmonia há muito tempo, o que a torna uma mulher perigosa. Para finalizar, ser filha de Tywin Lannister faz com que Cersei seja um perigo em potencial para qualquer ser humano. Haedey criou trejeitos e modo de falar que se tornaram uma característica em Cersei, tornando-a uma personagem única.
Jaime Lannister (Nikolaj Coster-Waldau): O irmão gêmeo da Rainha fazia parte da Guarda Real de Aerys Targaryen, até assasiná-lo com um golpe pelas costas durante a rebelião e se tornar parte da Guarda de Robert. Um verdadeiro Lannister, esse homem possue poucos amigos e sempre luta por sua família. Com o desenrolar da trama, Jaime se mostrará como alguém mais digno, alguém que não merece por completo ser chamado de Regicida. Nikolaj apresenta, assim, um homem confuso e que aprende com seus erros.
Tyrion Lannister (Peter Dinkleage): No dia em que deu a luz a Tyrion, sua mãe morreu. Como se isso não bastasse, o último filho de Tiwyn Lannister é um anão (chamado, também, de Duende e Meio-Homem). Se Jaime é um dos homens mais belos dos Sete Reinos, Tyrion é um dos mais inteligentes, espertos e astutos. A interpretação de Dinkleage garatiu não somente o Emmy e o Globo de Ouro, mas também, a adoração da grande maioria dos fãs da série, que torcem por Tyrion mais do que por qualquer outro personagem. Sobre a interpretação do ator, basta dizer que ela é assombrosa e que faz o espectador ficar arrepiado. Peter é um daqueles atores que consegue salvar qualquer episódio mediano da catástrofe.
Tywin Lannister (Charles Dance): O homem mais rico dos Sete Reinos, e, provavelmente, o mais poderoso, reergueu o nome de sua casa após a morte de seu pai e decidiu mantê-la como a casa mais importante de Westeros. Gananciso e um verdadeiro estrategista, Tywin despreza Tyrion por ser um anão, despreza Cersei por ser uma mulher, despreza Jaime por ser impulsivo e despreza qualquer um que não seja um Lannister por não ser um Lannister. Por ser um dos melhores personagens do livro, imaginei durante muito tempo quem poderia vivê-lo na série, e Dance foi, sem dúvida, a melhor escolha.

O Pequeno Conselho do Rei dos Sete Reinos. Da esquerda para a direita: Pyter Baelish, Meistre Pycelle, Eddard Stark, Renly Baratheon e Varys "o Aranha"
Sir Peter ‘Little-Finger’ Baelish (Aidan Gillen): Baelish nasceu próximo a Correrio, foi apaixonado por Catelyn e foi de menino pobre e escurraçado a um dos homens mais ricos de Porto Real e contador da coroa. Agora, ‘Mindinho’ não faz questão de esconder sua ganância, mas também não pode fugir do fato de ser um plebeu por nascença. As expressões e atitudes desprezíveis do personagem são o que o tornam o segundo personagem mais odiado da série. E é por conquistar o ódio, que Gillen se torna cada vez mais perfeito para o papel.
Varys, ‘o Aranha’ (Canleth Hill): Varys é um eunuco que se tornou conselheiro da coroa por sua forma nada convencional de saber tudo o que acontece em todo o mundo. O Eunuco é um dos personagens mais misteriosos de “Game of Thrones”. Hill é um dos atores mais serenos e expressivos de todo o elenco. Tudo  o que o personagem deseja dizer em abrir a boca é feito apenas com as expressões curiosas de Hill, que sempre deixa uma dúvida no ar.
Samwell Tarly (John Bradley): Sam é um garoto gordo e lento que foi mandado à Muralha para serviar à Patrulha da Noite por ordem do próprio pai que o desprezava por completo. Apesar disso, é um jovem inteligente que mostrará ser muito mais do que o pai jamais sonhou. Bradley tem um desenvolvimento semelhante ao de Harrington, seu companheiro de cena: vai do menino bobo e imbecil ao homem corajoso e decidido.


Vaserys e Daenerys Targaryen
Vaserys Targaryen (Harry Lloyd): Quando criança, Vaserys foi tirado da mãe e do pai, que foram assasinados na rebelião de Robert Baratheon. Durante anos, viveu da boa vontade de pessoas do outro lado do Mar Estreito, sempre devendo favores a todos. Agora que Daenerys cresceu, ele está decidido a vendê-la a Khal Drogo por um exército que o leve para casa. Inconsequente, Vaserys não se cansa de colocar os cavalos em frente à carroça. O desespero do personagem torna a interpretação de Lloyd verdadeira inédita.
Khal Drogo (Jason Momoa): Drogo faz parte do povo dothraki, homens violentos que montam cavalos e possuem crenças muito próprias. Apesar de Drogo aceitar Daenerys como uma mercadoria, acaba se apaixonando por ela e a engravida. Assim, acaba promentendo o Trono de Ferro ao filho. Momoa tornou Drogo um dos personagens mais queridos da série, sendo um verdadeiro animal antes de se apaixonar por Danny e um homem carinhoso, romântico e fiel (tudo o que as mulheres desejam) depois que se apaixona.
Daenerys Targaryen (Emilia Clarke): a jovem permaneceu muitos anos submissa ao irmão, mas, a partir do momento em que se casa com Drogo, se torna uma mulher com desejos e ambisões. Conquista Drogo e se apaixona por ele, mostra a Vaserys quem é o verdadeiro “dragão” e inicia seus planos para conquistar Westeros. Clarke conquistou aos poucos a adoração do público feminino e masculino ao mostrar a evolução da menina que obedece as ordens do irmão à mulher que dá ordens a quem quiser. A atriz foi indicada ao Emmy.
Jorah Mormont (Iain Glen): Jorah foi exilado de Westeros por Ned Stark após negociar com traficantes. Apesar disso, é um homem respeitado pelo povo Dothraki a ponto de cavalgar com eles e ensinar muito sobre Westeros a Daenerys. Aos poucos, Jorah se apixonará por Danny e terá de lidar com as consequências de seu passado. Glen apresenta um homem carrancudo que, visivelmente, sofreu poucas e boas. Com expressões e modo de falar, entretanto, o ator também traz um homem apaixonado e fiel.
Outros personagens: Sandor ‘o Cão” Clagene (Rory McCann), Guarda de Joeffrey. Melisandre (Carice van Houten), sacerdodisa do Deus Vemelho que serve a Stannis. Hodor (Kistian Nairn), um homem mais alto que o normal que auxilia Bran depois que ele fica aleijado. Bronn (Jerome Flynn), homem que salvou Tyrion da morte por um punhado de ouro. Briene de Tarth (Gwendoline Christie), uma guerreira que jura proteger seu rei, mas acaba ajudando Catelyn Stark. Jeor Mormont (James Cosmo), Comandante da Patrulha da Noite. Davos Seaworth (Liam Cunningham), ex-traficante que, hoje, vive a serviço de Stannis. Theon Greyjoy (Alfie Allen), filho mais jovem de Balon Greyjoy (Patrick Malahide) que viveu em Winterfell como segurança para que sua família não se revoltasse novamente. Loras Tyrell (Finn Jones), filho mais jovem de Randal Tyrell. Margaery Tyrell (Natalie Dormer), única filha de Randall Tyrell e mais uma que ambisiona se tornar rainha um dia. Gendry (Joe Dempsei), bastardo de Robert Baratheon. Shae (Sibel Kekilli), amante de Tyrion. Grande Meistre Pycelle (Julian Glover), o Meistre de Porto Real, portanto, curador e conselheiro do Rei (mais um grande veterano da televisãoe  do cinema mundial). Meistre Luwin (Donald Sumpter), Meistre de Winterfell. Olenna Tyrell (Diana Rigg), a Rainha dos Espinhos, uma velha sábia que preza pelo bem de sua família, a interpretação de Rigg, conhecia por viver uma Bond Girl, é uma das melhores de toda a série. Oberyn Martell (Pedro Pascal), o príncipe de Dorne que nunca esconde o ódio que sente pelos Lannisters.
Bônus: Os Outros: Chamados, em inglês, de White Walkers (Caminhantes Brancos), são habitantes do norte da Muralha. São espécies de mortos-vivos, “demônios feitos de neve, gelo e frio. O antigo inimigo. O único inimigo que importa.” A primeira vez que essas criaturas foram vista foi há milhões de anos durante a Longa Noite. Vindas do frio do norte, os Caminhantes Brancos trazem o frio com eles. Para que derrotá-los, foi criada a Patrulha da Noite, a mesma que ergueu a Muralha (ver mais sobre a Muralha no especial da HISTÓRIA DE WESTEROS). Na série, os Caminhantes Brancos são vistos logo no primeiro episódio. Com o passar das temporadas, ele se tornam mais comuns e até uma espécie de ritual será mostrada.


O líder dos Caminhantes Brancos
ACESSE NOSSA PÁGINA NO YOUTUBE:
 http://www.youtube.com/user/projeto399filmes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de: