domingo, 8 de julho de 2012

260. O ESPETACULAR HOMEM-ARANHA, de Marc Webb

Inovador. Divertido. Inteligente. Espetacular!
Nota: 9,0


Título Original: The Amazing Spider-Man
Direção: Marc Webb
Elenco: Andrew Garfield, Emma Stone, Rhys Ifans, Denis Leary, Martin Sheen, Sally Field, Irrfan Khan, Campbell Scott, Embeth Davidtz, Chris Zylka
Produção: Avi Arad, Laura ziskin, Matthew Tolmach
Roteiro: James Vanderbilt, Alvin Sargent, Steve Kloves, Steve Ditko (história em quadrinhos) e Stan Lee (historia em quadrinhos)
Ano: 2012
Duração: 136 min.
Gênero: Ação / Fantasia / Aventura

Temos aqui um Homem-Aranha totalmente repaginado, logo, adeus Tobey Maguire, já vai tarde, e muito bem-vindo Andrew Garfield. Inicialmente nosso herói é apenas um menino que é deixado, sem explicação alguma, pelos pais na casa dos tios. O tempo passa e Peter Parker se torna um adolescente tímido e nada popular no colégio, entretanto, descobertas sobre seu pai farão Peter ir até a Oscorp, procurando respostas, ele acaba sendo picado por uma aranha criada por seu pai e se torna o tão conhecido Homem-Aranha. Claro que Peter se apaixonará, as autoridades da cidade de Nova York irão caçá-lo e, como não há super-heróis sem vilão, o Lagarto assolará a cidade e todos seus habitantes.


Marc Webb ficou conhecido pela comédia independente “(500) Dias com Ela” (2009), com Joseph Gordon-Levitt e Zooey Deschanel e indicado ao Globo de Ouro de melhor filme comédia ou musical e ator comédia ou musical (Gordon-Levitt). Além disso, dirigiu meia-dúzia de vídeos musicais e documentários, nada de muito destaque na indústria. Essa tão esperada adaptação tinha tudo para dar errado: após anos, a história começa do zero, lá do início da vida do herói, todos os atores são trocados, o vilão e a mocinha são outras personagens, o diretor não tinha experiência, e apesar de tudo, a essência do enredo deveria continuar a mesma. Confesso que quando entrei na sala de cinema estava preparado para uma grande frustração, mas foi totalmente o contrário: o filme, como um todo, é uma surpresa pra lá de agradável. Webb tem em suas mãos um filme de ação, que mesmo assistido sem a tecnologia de terceira dimensão, é fantástico, a personagem geralmente age durante a noite, em lugares escuros como esgoto ou becos, mas o diretor lida com tudo muito bem. Vale lembrar que o roteiro foi escrito pelo indicado ao Oscar Steve Kloves, que adaptou todos os livros da Saga Harry Potter, exceto o quinto, pelo duplamente vencedor do Oscar Alvin Sargent, roteirista de clássicos como “Júlia” (1977) e “Gente Como a Gente” (1980) e dos dois últimos filmes do “Homem-Aranha” (2004 e 2007) e pelo roteirista de “Zodíaco” (2007), James Vanderbilt.


A trilha sonora é do satisfatório James Horner. Digo satisfatório, pois Horner já compôs para dezenas de filmes conceituados entre público e crítica, mas seu trabalho jamais se sobressai perante o restante dos filmes. Alguns exemplos de sua vasta carreira são: “Aliens, O Resgate” (1986), “O Nome da Rosa” (1986), “Em Busca do Vale Encantado” (1988), “Gasparzinho, o Fantasma Camarada” (1995), “Apollo 13 – Do Desastre ao Triunfo” (1995), “Jumanji” (1995), “Inimigo Íntimo” (1997), “Titanic” (1997), “A Máscara do Zorro” (1998), “O Grinch” (2000), “Meu Nome é Radio” (2003), “Tróia” (2004), “A Lenda do Zorro” (2005), “O Menino do Pijama Listrado” (2008), “Avatar” (2009). Venceu o Oscar por “Titanic”, melhor trilha sonora e melhor canção original. Nesse “Homem-Aranha” toda a estética do filme e a beleza na adaptação da história ofuscam a trilha do compositor, não que ela seja ruim, ela é bem propícia e ele acerta em suas escolhas e temas para um super-heroi, mas podia ser melhor.


Andrew Garfield começou mesmo sua carreira em 2007 com “Leões e Cordeiros”, mas foi somente em 2010 que alcançou seu auge com “A Rede Social”, sendo indicado ao Globo de Ouro em uma das melhores interpretações do ano. Aqui ele é ninguém mais que o melhor Peter Parker já visto, apesar de excluído no colégio, não deixa de ser um jovem inteligente e cheio de desejos e problemas, esse nosso novo Peter não é nada idiota e nos apresenta um rapaz mais maduro, apesar de Garfield exagerar um pouco nas cenas dramáticas, de modo geral ele é ótimo, e considerando seu tipo físico (a personagem é o único super-heroi que não tem um exigido corpo escultural), no entanto parece ser o único que realmente tem todos ou neurônios em ordem. Emma Stone se destacou um pouco no ano passado com o drama “Histórias Cruzadas”, ela não é nenhuma daquelas mocinhas imbecis que não sabe o que quer e está iludida com o super-heroi, apesar de não fazer muito no filme, Stone emplaca mais uma boa atuação. Rhyns Ifans é um bom vilão, mas nada além disso. Denis Leary interpreta o Capitão Stacy, que caça o Homem-Aranha enlouquecidamente, o ator não faz nada de mais no filme e chega a ser um pouco chato. Martin Sheen é um Tio Ben sem graça e não faz jus a personagem tão conhecida e adorada. Sally Field vive a querida Tia May, apesar de estar excelente no papel, ela aparece pouco e acabamos ficando na vontade de vê-la um pouco mais na telona.


Cenas épicas de filmes de super-herois são tratadas aqui com excelência: quando Parker descobre alguns de seus novos poderes no metro, conferimos uma cena engraçada, mas desesperadora para a personagem, as sequências em que o Homem-Aranha captura alguns criminosos são mais sérias e condizem com o que se espera, no entanto é a cena perto do final que mais interessa, quando o herói precisa destruir o vilão (cena clichê sempre bem-vinda nos filmes do gênero), em que a cidade de Nova York ajuda Peter a chegar até o Lagarto para vencê-lo em uma batalha singela, mas muito bem feita. Enfim, bem melhor que todas as outras adaptações da série, esse filme veio para mostrar que mesmo aquilo que já foi feito e refeito milhões de vezes, pode ser melhorado quando totalmente repaginado. As nossas novas personagens são ótimas, as que existiram em todas as adaptações são essenciais, e aquelas que foram substituídas não fazem falta. Talvez não exista comentário mais idiota, mas fato é que “O Espetacular Homem-Aranha”, é simplesmente espetacular!


ACESSE NOSSA PÁGINA NO YOUTUBE:
 http://www.youtube.com/user/projeto399filmes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Poderá gostar também de: